Cockpit_View

Os esforços da APPA-AOPA Brasil para que haja espaços formais para a Aviação Geral chegaram ao máximo possível.

A ANAC finalmente criou uma Força Tarefa, como resultado dos trabalhos das Câmaras Técnicas da Aviação Geral e do Aerodesporto lideradas pela APPA e pela CAB. (Leia a Portaria aqui: Força Tarefa). Mau gosto de nomenclaturas a parte, esse Grupo, subordinado à Presidência da ANAC e coordenado pelo Sr. Alex Romera, terá como finalidade resolver todas as pendências apontadas pelas Câmaras Técnicas e pela APPA há mais de um ano e meio, sem solução.

A APPA espera que a ANAC comece a trabalhar imediatamente para que os usuários comecem a ser atendidos. O grau de má prestação de serviços, ignorância dentro da própria Agência e descaso com a Aviação Geral não são mais suportáveis.

Considerando a situação geral e o seu agravamento, envolvendo até ilegalidades justificadas por Diretores da ANAC, a APPA buscou e atendeu uma audiência com o Ministro Chefe da Secretaria de Aviação Civil, Dr. Moreira Franco, ocorrida no último dia 31 de Outubro. Na audiência o Ministro determinou à ANAC, representada pelo seu Presidente, que as demandas que dizem respeito a ela sejam atendidas em 30 dias.

O Ministro já agendou para o próximo dia 12 de Novembro reunião com a SAC, APPA e Diretoria da Infraero para que essa empresa responda como solucionará as práticas de ineficiência e má gestão de pátios, que além de impedir o uso de vários aeroportos à Aviação Geral, abre espaço para riscos de más condutas e corrupção. (Leia a Pauta da Reunião na SAC aqui: SAC_AGENDA_160913)

Com essas ações institucionais a APPA entende que todos os esforços estão sendo feitos para buscar soluções nos campos políticos e técnicos. Se nada for resolvido, então o quadro de desmantelamento institucional estará caracterizado e não haverá dúvida sobre a falta de comando da Aviação no Brasil.

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas